Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Voo da Flosinha

É bom voar, sonhar...

O Voo da Flosinha

É bom voar, sonhar...

Visita á Praia da Barra

Quando estivemos em Aveiro, fomos ainda visitar a Barra e a Costa Nova. No caminho admiramos as salinas.

e a magnifica vista ao passar a ponte sobre a Ria, que faz a ligação entre os areais e as Gafanhas .

Na chegada à Barra fomos surpreendidos pelo espectacular Farol, impressionante nos seus sessenta e dois metros de altura, é mais alto de Portugal - o terceiro a nível mundial.

Construído em 1893.

A praia da Barra é um extenso areal banhado por águas relativamente dóceis.

Entretanto seguimos até á Costa Nova.

Macacos-narigudos

Sabia que...

O macaco-narigudo macho (Nasalis larvatus), utiliza o seu nariz bulboso para soltar o seu potente grito de alarme, na selva húmida do Bornéu, de preferência junto aos rios , onde é frequente vê-lo a nadar. As populações locais dão-lhe o nome de homem branco. O nariz , normal nas fêmeas e nos machos jovens, apenas nos machos adultos se apresenta muito desenvolvido e pendente.

Papagaios-do-Mar

Sabia que...

Os papagaios-do-mar da espécie Fratercula arctica utilizam o bico multicor como arma nas suas lutas e como ferramenta para a abertura dos sulcos onde fazem ninho. Os bicos, que apresentam cores mais vivas no Verão, quando as aves vêm a terra para se reproduzirem, servem-lhes ainda de adorno nos rituais de cortejamento.

Uma tarde em Espinho

Ainda durante as  férias fui até á cidade de Espinho.

Não deu para ver muita coisa,  fomos lá de comboio e apenas durante uma tarde.

Deixo aqui algumas fotografias que tirei.

Ao sair da estação dos comboios, somos logo confrontados com o Casino, mas como não sou apreciadora de jogos, apenas observei o exterior do edificio..

Entretanto seguimos até á praia. Espinho possui 8 Km de praias, bastantes bonitas.

Decidimos atravessar a linha do comboio e subirmos até á Praça Dr. José Salvador, onde se encontra o edificio da Câmara Municipal. Esta praça foi remodelada e inaugurada uma fonte luminosa, que apresenta diversos jogos de cor com sessenta tonalidades.

Seguimos então até ao

Centro Multimeios www.cm-espinho.pt/turismo/L_Visitar/Multimeios.htm que é um espaço  a acolher e proporcionar o que de melhor existe a nivel nacional e internacional nas mais diversas plataformas de interesse cultural.

Aproximava-se a hora de regressarmos, mas ainda deu para vermos a linda Igreja Matriz da autoria do arquitecto Adães Bermudes, começada a edificar em 1901.

Havia muito mais para ver, mas não tinhamos mais tempo.

Ficou a vontade de lá voltar.

Querido Puppy

Hoje cá em casa estamos muito tristes. O nosso amigo de quatro patas deixou-nos!

Era velhote, mas o nosso Puppy era mais que um amigo, era da nossa familia, estava connosco há 15 anos.

Hoje só posso prestar-lhe esta simples homenagem, que não paga os anos de companhia, alegrias e protecção que nos deu.

Era reguila, resmungão e algumas vezes agressivo para quem não era de casa, mas para nós foi sempre meigo e carinhoso.

Adeus querido Puppy

Final do Passeio

Á tarde o passeio continuou.

Fomos até ao Fórum , importante centro comercial, situado no centro de Aveiro, maior zona turística e comercial.

Voltamos á zona da Ria, onde aproveitamos para dar um passeio de Moliceiro.

Quando regressamos aproveitamos para beber um café e comer aqueles deliciosos bolinhos de ovos moles. Aproveitamos também para comprar alguns para trazer para casa  presentear amigos e familiares.

Naquela zona vários edifícios estão a ser remodelados, mas conservando a arquitectura Arte Nova, como por exemplo, o da foto abaixo.

Até á hora de jantar andamos a ver toda aquela zona, lojas de artesanato, loja de loiças da Vista Alegre, etc.

Aveiro á noite também é muito bonita.

Assim terminou a nossa viagem a Aveiro, havia muito mais para ver, mas o tempo foi escasso.

Vamos lá voltar, de certeza.

 

Passeio a Aveiro

O passeio por Aveiro continuou.

Logo de manhã e como estávamos ali perto passamos pela Capela das Barrocas.

É uma capela muito interessante e antiga, a primeira pedra foi lançada em 1722. Foi pena, mas encontrava-se fechada, assim não foi possível vê-la no interior, mas no exterior é muito bonita, com três portais de grande aparato ornamental.

Aproveitamos e fomos ver mais uma igreja a da Misericórdia, ainda mais antiga que a anterior, o projecto inicial (1585) do arquitecto italiano Filipo Terzio . A construção só foi terminada em 1653, sob a direcção do mestre português Manuel Azenha. Também é muito bonita com a fachada revestida de azulejos do séc. XIX, onde sobressai um grande portal com ornamentação barroca em pedra de calcário. Nesta entramos e entre quatro colunas encontram-se nichos com imagens.

Neste largo encontra-se a Câmara Municipal, edifício muito elegante da ultima década do séc. XVIII, na parte central tem uma torre com um sino. No frontão encontra-se as armas de Aveiro. é uma construção pombalina datada de 1797 (como de pode ler na frontaria).

Os Paços de Concelho no ano 2000 foram sujeitos a obras de remodelação interior e exterior.

Subindo a rua fomos encontrar a Igreja de São Domingos, conhecida como a Sé de Aveiro.

A sua origem remonta ao séc. XV. Nessa altura era a Igreja do Convento de S. Domingos.

Esta igreja foi convertida em Matriz da paróquia de Nossa Senhora da Glória em 1835.

Em 1938 tornou-se na Catedral da Diocese de Aveiro por bula do Papa Pio XI, executada por D. João Evangelista de Lima Vidal.

Vale a pena visitar todos estes monumentos.

Entretanto como era hora de almoço, fomos comer uns maravilhosos filetes de polvo, com arroz do mesmo.

 

 

Chegada a Aveiro

Cerca de duas horas depois chegamos a Aveiro.

Fiquei maravilhada com a antiga estação de caminhos de ferro, que se encontra perfeitamente conservada.

É belíssima, revestida a painéis de azulejos da Fabrica da Fonte Nova (1916), com motivos alusivos ás actividades marinhas.

Depois de bem alojada, resolvi ir conhecer um pouco a cidade.

Fui até à antiga fabrica de cerâmica, hoje Centro Cultural e de Congressos.

Caminhando ao longo da ria, desci até ao edifício da Capitania do Porto de Aveiro, construído inicialmente como moinho da maré, serviu em 1830 de apoio à fabrica de porcelanas. Foi remodelada em 1903, para albergar a Escola de Desenho Industrial. Depois de outra grande reforma em Abril de 2004, foi inaugurada para receber a Assembleia Municipal de Aveiro e uma sala de exposições.

Finalmente cheguei ao Rossio, o centro da cidade, largo ajardinado junto ao Canal Central.

No dia seguinte o passeio continuou.

 

Começo de Férias

As minhas férias este ano foram diferentes de qualquer outro.

Resolvi tirar uns dias,  combinei com uma amiga, compramos uns bilhetes de comboio e fomos até Aveiro.

Estação do Oriente e aí vão elas.

Foi engraçado, não que as paisagens sejam bonitas, mas tem o seu encanto, principalmente quando se está entusiasmada.

As estações estão todas muito velhas, mas houve uma que me despertou atenção:

 Santarém

Depois de procurar alguma informação, descobri que este é o Espaço Museológico de Santarém, que está localizado junto á estação de caminhos de ferro, fica a 45 minutos de Lisboa e a 2 horas e 45 minutos do Porto (isto se formos de comboio)

Este Espaço está instalado numa antiga cocheira de carruagens (por isso o aspecto a faroeste )

Foi inaugurado a 5 de Outubro de 1979, por ocasião da realização em Portugal do Congresso da Associação Internacional dos Museus de Transporte.

Segundo o que li, pode ver-se:

Além de tudo isto possui outros objectos e documentos antigos e de interesse.

Nota:Todas estas informações foram retiradas do site oficial da CP

Olhem só o  que se descobre, quando se vai de férias.  

Por hoje ficamos por aqui, amanhã seguimos viagem.

 

 

 

Pág. 1/2